Ao longo das últimas semanas o Museu do Mar e da Pesca Artesanal tem vindo a receber os alunos e professores das escolas primárias e básicas do Distrito de Lobata.

Este projecto, financiado pelo Fundo Francês Para o Meio Ambiente Mundial (FFEM), pretende dar a conhecer ao povo são tomense e aos visitantes deste lindo arquipélago a riqueza dos ecossistema costeiros e marinhos inseridos no seu território nacional, bem como as espécies emblemáticas de aves marinhas, cetáceos e tartarugas marinhas, com elevado valor ecológico e sócio-económico, graças ao elevado potencial de desenvolvimento de actividades eco-turísticas ligadas à observação de vida selvagem.

A visita começou com uma pequena introdução da história e cultura do país, onde é realçada a forte ligação que o povo são tomense possui com o mar. Seguidamente, os alunos tiveram oportunidade de conhecer as artes de pesca mais utilizadas no rio e no mar, através dos exemplares em miniatura expostos no museu, as espécies alvo de cada arte, bem como os impactos que a sobre-exploração dos recursos marinhos podem ter na rede alimentar marinha e no nosso dia-a-dia.

 

 

As espécies emblemáticas estão focadas na zona seguinte, onde vários posters nos mostraram as espécies de aves marinhas que ocorrem nas zonas costeiras de São Tomé e Príncipe, bem como os fascinantes cetáceos e as ameaçadas tartarugas marinhas.

 

 

No final do percurso, um espaço interactivo e didáctivo pretende avaliar os conhecimentos adquiridos ao longo da visita de uma forma divertida e descontraída, bem como dar a conhecer aos mais jovens os impactos nefastos que certas actividades humanas têm nos nossos oceanos e consequentemente na nossa vida, como o lixo marinho.

Neste momento contamos com a ajuda indispensável do Jociley, o guia do Museu do Mar e da Pesca Artesanal de Morro Peixe. Ele próprio é membro desta linda comunidade piscatória e o seu maior desejo é transmitir todo o conhecimento que tem vindo a adquirir ao longo da sua formação de guia aos mais jovens, bem como a todos os visitantes que pretendem conhecer de dentro a cultura são tomense.

 

 

A equipa da ATM/MARAPA espera receber muitos mais jovens de todos os distritos da ilha de São Tomé, bem como todos os visitantes deste lindo arquipélago.