Reino:

Animalia

 

Filo:

Chordata

 

Classe:

Reptilia

Serpentes, lagartos, crocodilos e tartarugas. A temperatura corporal dos répteis, varia de acordo com o ambiente e todos possuem coluna vertebral. A maioria é ovípara, tem a pele coberta por escamas, respiração pulmonar e possuem coração com três cavidades.

 

Ordem:

Testudines

Incluídas todas as tartarugas marinhas, terrestres e de água doce, sendo dividida em três subordens: Pleurodira (tartarugas com retracção lateral do pescoço para dentro da carapaça), Cryptodira (tartarugas com retracção do pescoço para dentro da carapaça de maneira que assume a forma de um “S”, no seu interior) e Amphichelydia (todas as espécies extintas).

 

Subordem:

Cryptodira

Incluídos os cágados, as tartarugas de água doce e as tartarugas marinhas.

 

Família:

Cheloniidae e Dermochelyidae

 

Cheloniidae

Apesar de terem sido classificados 31 géneros para esta família, actualmente existem apenas 5, Caretta, Chelonia, Eretmochelys, Lepidochelys e Natator. Esta família de tartarugas é caracterizada pela presença de palato secundário, cabeça parcialmente ou não retráctil, extremidades em forma de barbatanas não retrácteis, cobertas por numerosas pequenas placas, possui dedos alongados e firmemente presos por tecido conjuntivo e as garras são reduzidas a uma ou duas em cada barbatana, a carapaça é coberta por placas córneas, variando em número de espécie para espécie.

 

Dermochelyidae

O único representante desta família é Dermochelys coriacea. É de difícil fossilização devido à disposição em mosaico das placas ósseas da carapaça, e a camada grossa de gordura entre a parte óssea e o "couro" de revestimento típico desta espécie. Esta família é caracterizada por uma redução extrema dos ossos da carapaça e do plastrão, e pelo desenvolvimento de uma camada dorsal constituída por um mosaico de milhares de pequenos ossos poligonais. Não possuem garras nem placas na carapaça (as placas apenas estão presentes até o estágio juvenil), o crânio não possui ossos nasais, a superfície da mandíbula é coberta por queratina e o esqueleto é repleto por gordura com áreas extensivas de cartilagem vascularizada nas vértebras e nas junções das barbatanas.