Nome científico: Eretmochelys imbricata (Linnaeus 1766)  

 

Nomes comuns: Tartaruga de Pente (Pt), Hawksbill Turtle (En), Tortue Imbriquée (Fr), Tortuga Carey (Sp).

 

 

Esta é considerada a mais tropical de todas as tartarugas marinhas e está distribuída entre as regiões do Atlântico Central e do Indo-Pacífico. As áreas de desova são geralmente próximas a recifes de corais e dispersas em praias do México, Cuba, Jamaica, República Dominicana, Indonésia e outras ilhas dos oceanos Pacífico e Índico. Habita preferencialmente recifes de coral e águas costeiras rasas e ocasionalmente águas profundas.

 

Mede entre 80 e 90 centímetros de comprimento curvilíneo de carapaça e pesa entre 40 e 60 quilos, podendo atingir os 100 quilos.

Esta tartaruga distingue-se das outras espécies por ter uma cabeça estreita, dois pares de escamas pré-frontais e um bico, como o de um falcão.

 

 

 

A sua carapaça é de cor castanho-amarelado e possui quatro placas laterais imbricando-se como telhas, com cores exuberantes o que a diferencia das outras espécies

Esta espécie foi outrora muito procurada para o comércio de produtos diversos feitos a partir da sua carapaça, tendo sido essa uma das principais ameaças à sua sobrevivência.

 

As barbatanas anteriores e posteriores têm duas unhas.

 

   

 

 Banco de Imagens Projeto Tamar

 

A cabeça estreita e as “mandíbulas de falcão” formam um bico que permite buscar alimentos nas fendas dos recifes de corais. Comem esponjas, anémonas, lulas e camarões, o que faz desta espécie, um dos raros animais que podem digerir este tipo de presas.

 

Realiza posturas em intervalos de 2 a 3 anos, chegando a desovar de 2 a 4 vezes por temporada, com aproximadamente 160 ovos por postura. Os ovos eclodem, aproximadamente 60 dias após a postura.

 

Existem no mundo cerca de 22.900 fêmeas em idade reprodutiva (segundo estimativas apresentadas em relatórios e publicações).