Equipa

A equipa da ATM é formada por elementos, não remunerados, empenhados na protecção das tartarugas marinhas nos países da Comunidade Lusófona.

Os elementos da direcção da Associação e restantes orgãos sociais existem para dar suporte aos projectos a criar.

A equipa ATM, que dá corpo a este projecto, foi constituída de forma a garantir não só uma elevada capacidade técnica e científica na área de conservação e pesquisa, mas também a presença de elementos que garantam uma boa e eficiente gestão do projecto.

A área técnica e científica é garantida por elementos com larga experiência na conservação e pesquisa de Tartarugas Marinhas, nomeadamente em projectos em Angola, Cabo Verde e Brasil.

A capacidade de gestão é garantida por elementos com uma vasta experiência em consultoria de gestão e com experiência na coordenação de projectos multidisciplinares, incluindo administradores e directores de empresas de consultoria de renome.

De uma forma resumida são apresentadas as áreas de formação e/ou especialização cobertas pelos elementos deste projecto: Biologia Marinha; Engenharia e Ciências do Ambiente; Planeamento Ambiental e Ordenamento do Território; Geofísica da área de Oceanografia e Meteorologia; Sustentabilidade e Responsabilidade Social; Sistemas de Informação Geográfica (SIG); Administração e Gestão de Empresas; Gestão e Coordenação de projectos multidisciplinares; Engenharia Civil e Arquitectura; Direito.

De forma a complementar esta experiência a ATM beneficia, também, do apoio de um Conselho Científico com elementos de grande reputação científica, que aceitaram o convite de dar o seu apoio técnico e científico a esta causa.

A ATM está também aberta a todos os colaboradores e voluntários que queiram dar o seu contributo, integrando nas áreas que mais se adeqúem a cada um.