O facto da ilha de São Tomé ser um destino turístico muito procurado é também uma importante oportunidade para o envolvimento dos membros das comunidades costeiras em atividades eco-turísticas ligadas à observação de vida selvagem, garantindo assim a longo prazo a sustentabilidade financeira do programa de conservação e gerando também benefícios para as comunidades alvo do Programa Tatô.