Anualmente são selecionados jovens para integrarem o programa de estágios para jovens biólogos santomenses remunerado com duração de 6 meses, em parceria com a Universidade de São Tomé e Príncipe. Estes jovens são formados e capacitados em técnicas de gestão de um programa de conservação; técnicas de monitorização e de pesquisa sobre o ambiente marinho e costeiro e as tartarugas marinhas; assim como técnicas de comunicação, educação e sensibilização das comunidades locais e sociedade civil.