Dermochelys coriacea

Leatherback sea turtle and fish
Banco de Imagens Projeto Tamar

Nome Científico: Dermochelys coriacea (Linnaeus 1766)

 

Nomes comuns: Tartaruga de Couro ou Gigante (Pt), Leatherback Turtle (En), Tortue Luth (Fr), Tortuga Laúd ou Baula (Sp).

 

Estado de Conservação (IUCN, 2016): Vulnerável

 

É a espécie que apresenta a mais ampla distribuição pelos oceanos, uma vez que os adultos estão melhor adaptados a temperaturas mais baixas do que as restantes espécies, devido à sua espessa camada de gordura. No entanto as colónias reprodutivas estão limitadas a regiões tropicais (raramente subtropicais) e concentram-se principalmente no Gabão, México, Costa Rica, Guiana Francesa, Suriname e Trinidade Tobago, mas também pode ser encontrada em Moçambique, Angola e São Tomé e Príncipe, embora não existam números comprovados do tamanho das suas populações.

Possui uma carapaça única, composta por uma fina camada de pele resistente, reforçada por milhares de pequenas placas ósseas semelhante a “couro”. A sua carapaça é grande, alongada e flexível com sete quilhas distintas que se localizam ao longo do seu comprimento, de cor cinzenta escura ou preta com pontos brancos.

 

Pode medir entre 130 e 183 cm de comprimento curvilíneo de carapaça e pesar entre 300 e 500 kg. A maior tartaruga de couro alguma vez registada, media 305 cm pesava cerca de 915 quilos.

O09_A_491_1

Esta espécie é a de hábitos mais pelágicos entre as tartarugas marinhas, pois vive em alto mar, no entanto podem ser encontradas em baías e estuários. Medusas e outros organismos gelatinosos são as principais presas desta espécie que vivem na coluna d’água entre a superfície e grandes profundidades.

Realiza postura em intervalos de 2 a 3 anos, chegando a desovar de 4 a 7 vezes por temporada, com aproximadamente 88 ovos fertilizados por postura. Após aproximadamente 65 dias, os ovos eclodem.

Existem no mundo cerca de 34.000 a 36.000 fêmeas em idade reprodutiva.